Christina Hoff Sommers

Dra. Christina Hoff Sommers, antes de ser pesquisadora do American Enterprise Institute, foi Depto de Filosofia na Clark University, e é conhecida pelas suas críticas ao feminismo contemporâneo nos seus livros: Quem Roubou o Feminismo? e A Guerra contra os Meninos. Embora seus críticos a caracterizem como anti-feminista, Christina se identifica como “feminista igualitária”, que combate a misandria do feminismo contemporâneo, sua desonestidade intelectual, e incapacidade de contemplar objetivamente situações em que há equidade entre os sexos, e aquelas em que a iniquidade é contra os homens.

“Essa estória de microagressões é uma macro-chatice.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), American Enterprise Institute, 2017.

/ / Comentários desativados em “Essa estória de microagressões é uma macro-chatice.”

“Essa estória de microagressões é uma macro-chatice.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), American Enterprise Institute, 2017.

/ / Comentários desativados em “Essa estória de microagressões é uma macro-chatice.”

“Hillary: devemos acreditar em toda denúncia de estupro, menos contra seu marido.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University.

/ / Comentários desativados em “Hillary: devemos acreditar em toda denúncia de estupro, menos contra seu marido.”

“Hillary: devemos acreditar em toda denúncia de estupro, menos contra seu marido.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University.

/ / Comentários desativados em “Hillary: devemos acreditar em toda denúncia de estupro, menos contra seu marido.”

“Crianças não são unissex.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), American Enterprise Institute, 2016.

/ / Comentários desativados em “Crianças não são unissex.”

“Crianças não são unissex.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), American Enterprise Institute, 2016.

/ / Comentários desativados em “Crianças não são unissex.”

“Não eram os homens que não queriam que mulheres votassem. Eram elas mesmas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2008.

/ / Comentários desativados em “Não eram os homens que não queriam que mulheres votassem. Eram elas mesmas.”

“Não eram os homens que não queriam que mulheres votassem. Eram elas mesmas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2008.

/ / Comentários desativados em “Não eram os homens que não queriam que mulheres votassem. Eram elas mesmas.”

“O que mais existe hoje é sexismo feminino.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “O que mais existe hoje é sexismo feminino.”

“O que mais existe hoje é sexismo feminino.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “O que mais existe hoje é sexismo feminino.”

“Quem sai à rua deve esperar contatos inesperados. Cantadas inclusive.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Quem sai à rua deve esperar contatos inesperados. Cantadas inclusive.”

“Quem sai à rua deve esperar contatos inesperados. Cantadas inclusive.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Quem sai à rua deve esperar contatos inesperados. Cantadas inclusive.”

“Camille e eu avisamos 21 anos atrás que feminismo tinha virado marxismo requentado.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2016.

/ / Comentários desativados em “Camille e eu avisamos 21 anos atrás que feminismo tinha virado marxismo requentado.”

“Camille e eu avisamos 21 anos atrás que feminismo tinha virado marxismo requentado.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2016.

/ / Comentários desativados em “Camille e eu avisamos 21 anos atrás que feminismo tinha virado marxismo requentado.”

“Mulheres: chega de vitimismo!”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Mulheres: chega de vitimismo!”

“Mulheres: chega de vitimismo!”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Mulheres: chega de vitimismo!”

“Feministas preferem inflar estatísticas a ouvir as mulheres para promover sua ideologia divisionista.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 1995.

/ / Comentários desativados em “Feministas preferem inflar estatísticas a ouvir as mulheres para promover sua ideologia divisionista.”

“Feministas preferem inflar estatísticas a ouvir as mulheres para promover sua ideologia divisionista.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 1995.

/ / Comentários desativados em “Feministas preferem inflar estatísticas a ouvir as mulheres para promover sua ideologia divisionista.”

“Não eram os homens que não queriam que mulheres votassem. Eram elas mesmas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2008.

/ / Comentários desativados em “Não eram os homens que não queriam que mulheres votassem. Eram elas mesmas.”

“Não eram os homens que não queriam que mulheres votassem. Eram elas mesmas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2008.

/ / Comentários desativados em “Não eram os homens que não queriam que mulheres votassem. Eram elas mesmas.”

“Feministas acreditam que mulheres são de Vênus e homens são do Inferno.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Feministas acreditam que mulheres são de Vênus e homens são do Inferno.”

“Feministas acreditam que mulheres são de Vênus e homens são do Inferno.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Feministas acreditam que mulheres são de Vênus e homens são do Inferno.”

“As escolas não querem mais saber dos meninos.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2013.

/ / Comentários desativados em “As escolas não querem mais saber dos meninos.”

“As escolas não querem mais saber dos meninos.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2013.

/ / Comentários desativados em “As escolas não querem mais saber dos meninos.”

“As prioridades de feministas hoje são poder mostrar mamilos e não ter vergonha de estrias.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001).

/ / Comentários desativados em “As prioridades de feministas hoje são poder mostrar mamilos e não ter vergonha de estrias.”

“As prioridades de feministas hoje são poder mostrar mamilos e não ter vergonha de estrias.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001).

/ / Comentários desativados em “As prioridades de feministas hoje são poder mostrar mamilos e não ter vergonha de estrias.”

“Os EUA estão em guerra contra os meninos.”

— Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2000.

/ / Comentários desativados em “Os EUA estão em guerra contra os meninos.”

“Os EUA estão em guerra contra os meninos.”

— Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2000.

/ / Comentários desativados em “Os EUA estão em guerra contra os meninos.”

“Se a mídia não percebe que homens e mulheres se incomparáveis no esporte, o que se dirá no resto?”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2017.

/ / Comentários desativados em “Se a mídia não percebe que homens e mulheres se incomparáveis no esporte, o que se dirá no resto?”

“Se a mídia não percebe que homens e mulheres se incomparáveis no esporte, o que se dirá no resto?”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2017.

/ / Comentários desativados em “Se a mídia não percebe que homens e mulheres se incomparáveis no esporte, o que se dirá no resto?”

“Universitárias são pequena minoria entre vítimas de estupro.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Universitárias são pequena minoria entre vítimas de estupro.”

“Universitárias são pequena minoria entre vítimas de estupro.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Universitárias são pequena minoria entre vítimas de estupro.”

“Escolas querem que meninos comportem-se como meninas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Escolas querem que meninos comportem-se como meninas.”

“Escolas querem que meninos comportem-se como meninas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Escolas querem que meninos comportem-se como meninas.”

“Feministas não reclamam de não haver mais mulheres limpando bueiros.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Feministas não reclamam de não haver mais mulheres limpando bueiros.”

“Feministas não reclamam de não haver mais mulheres limpando bueiros.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Feministas não reclamam de não haver mais mulheres limpando bueiros.”

“Feminismo interseccional não passa de teoria da conspiração.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001).

/ / Comentários desativados em “Feminismo interseccional não passa de teoria da conspiração.”

“Feminismo interseccional não passa de teoria da conspiração.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001).

/ / Comentários desativados em “Feminismo interseccional não passa de teoria da conspiração.”

“Feministas instilam misandria em universitárias com estatísticas falsas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), American Enterprise Institute, 2015.

/ / Comentários desativados em “Feministas instilam misandria em universitárias com estatísticas falsas.”

“Feministas instilam misandria em universitárias com estatísticas falsas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), American Enterprise Institute, 2015.

/ / Comentários desativados em “Feministas instilam misandria em universitárias com estatísticas falsas.”

“Mulheres hoje não estão em desvantagem. Os homens estão.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2008.

/ / Comentários desativados em “Mulheres hoje não estão em desvantagem. Os homens estão.”

“Mulheres hoje não estão em desvantagem. Os homens estão.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2008.

/ / Comentários desativados em “Mulheres hoje não estão em desvantagem. Os homens estão.”

“Homens ficam 63% mais tempo na prisão que mulheres pelos mesmos crimes.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Homens ficam 63% mais tempo na prisão que mulheres pelos mesmos crimes.”

“Homens ficam 63% mais tempo na prisão que mulheres pelos mesmos crimes.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Homens ficam 63% mais tempo na prisão que mulheres pelos mesmos crimes.”

“Homens não ganham mais que mulheres.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Homens não ganham mais que mulheres.”

“Homens não ganham mais que mulheres.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Homens não ganham mais que mulheres.”

“De acordo com o Forum Econômico Mundial, homens em desvantagem significa equidade entre sexos.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University.

/ / Comentários desativados em “De acordo com o Forum Econômico Mundial, homens em desvantagem significa equidade entre sexos.”

“De acordo com o Forum Econômico Mundial, homens em desvantagem significa equidade entre sexos.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University.

/ / Comentários desativados em “De acordo com o Forum Econômico Mundial, homens em desvantagem significa equidade entre sexos.”

“Feministas exageram vitimização das mulheres para demonstrar patriarcado.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 1994.

/ / Comentários desativados em “Feministas exageram vitimização das mulheres para demonstrar patriarcado.”

“Feministas exageram vitimização das mulheres para demonstrar patriarcado.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 1994.

/ / Comentários desativados em “Feministas exageram vitimização das mulheres para demonstrar patriarcado.”

“Meninos de 17 anos escrevem como meninas de 13.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Meninos de 17 anos escrevem como meninas de 13.”

“Meninos de 17 anos escrevem como meninas de 13.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Meninos de 17 anos escrevem como meninas de 13.”

“Dizer que meninas desempenham pior na escola por baixa auto-estima é sandice.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001).

/ / Comentários desativados em “Dizer que meninas desempenham pior na escola por baixa auto-estima é sandice.”

“Dizer que meninas desempenham pior na escola por baixa auto-estima é sandice.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001).

/ / Comentários desativados em “Dizer que meninas desempenham pior na escola por baixa auto-estima é sandice.”

“Mulheres podem mostrar, homens não podem olhar.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Mulheres podem mostrar, homens não podem olhar.”

“Mulheres podem mostrar, homens não podem olhar.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Mulheres podem mostrar, homens não podem olhar.”

“A sociedade está colocando na cabeça dos meninos que é errado ser menino.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “A sociedade está colocando na cabeça dos meninos que é errado ser menino.”

“A sociedade está colocando na cabeça dos meninos que é errado ser menino.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “A sociedade está colocando na cabeça dos meninos que é errado ser menino.”

“Feministas exageram estatísticas para tratar meninos com medidas exageradas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2003.

/ / Comentários desativados em “Feministas exageram estatísticas para tratar meninos com medidas exageradas.”

“Feministas exageram estatísticas para tratar meninos com medidas exageradas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2003.

/ / Comentários desativados em “Feministas exageram estatísticas para tratar meninos com medidas exageradas.”

As cinco maiores lendas feministas

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em As cinco maiores lendas feministas

As cinco maiores lendas feministas

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em As cinco maiores lendas feministas

“Homens sem faculdade ganham hoje metade do que há 50 anos atrás.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Homens sem faculdade ganham hoje metade do que há 50 anos atrás.”

“Homens sem faculdade ganham hoje metade do que há 50 anos atrás.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Homens sem faculdade ganham hoje metade do que há 50 anos atrás.”

“O ônus da prova agora é do acusado, quando a acusação é de estupro.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “O ônus da prova agora é do acusado, quando a acusação é de estupro.”

“O ônus da prova agora é do acusado, quando a acusação é de estupro.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “O ônus da prova agora é do acusado, quando a acusação é de estupro.”

“Homens precisam e querem ser cavalheiros, mas mulheres têm que fazer por merecer.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2008.

/ / Comentários desativados em “Homens precisam e querem ser cavalheiros, mas mulheres têm que fazer por merecer.”

“Homens precisam e querem ser cavalheiros, mas mulheres têm que fazer por merecer.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2008.

/ / Comentários desativados em “Homens precisam e querem ser cavalheiros, mas mulheres têm que fazer por merecer.”

“Ausência do pai prejudica muito mais meninos que meninas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2016.

/ / Comentários desativados em “Ausência do pai prejudica muito mais meninos que meninas.”

“Ausência do pai prejudica muito mais meninos que meninas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2016.

/ / Comentários desativados em “Ausência do pai prejudica muito mais meninos que meninas.”

“Feministas querem que mulheres tratem homens como venenosos.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Feministas querem que mulheres tratem homens como venenosos.”

“Feministas querem que mulheres tratem homens como venenosos.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Feministas querem que mulheres tratem homens como venenosos.”

“Feministas vêem mulheres como frágeis donzelas e homens como monstros.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Feministas vêem mulheres como frágeis donzelas e homens como monstros.”

“Feministas vêem mulheres como frágeis donzelas e homens como monstros.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Feministas vêem mulheres como frágeis donzelas e homens como monstros.”

“Cursos de Estudos da Mulher são rituais de iniciação ao feminismo mais radical e intolerante.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), American Enterprise Institute, 1994.

/ / Comentários desativados em “Cursos de Estudos da Mulher são rituais de iniciação ao feminismo mais radical e intolerante.”

“Cursos de Estudos da Mulher são rituais de iniciação ao feminismo mais radical e intolerante.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), American Enterprise Institute, 1994.

/ / Comentários desativados em “Cursos de Estudos da Mulher são rituais de iniciação ao feminismo mais radical e intolerante.”

“Feministas tratam masculinidade como doença.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Feministas tratam masculinidade como doença.”

“Feministas tratam masculinidade como doença.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “Feministas tratam masculinidade como doença.”

“A discrepância salarial entre homens e mulheres é lenda.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2013.

/ / Comentários desativados em “A discrepância salarial entre homens e mulheres é lenda.”

“A discrepância salarial entre homens e mulheres é lenda.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2013.

/ / Comentários desativados em “A discrepância salarial entre homens e mulheres é lenda.”

“Ao invés de feminismo ou masculinismo, que tal igualismo?”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Ao invés de feminismo ou masculinismo, que tal igualismo?”

“Ao invés de feminismo ou masculinismo, que tal igualismo?”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2014.

/ / Comentários desativados em “Ao invés de feminismo ou masculinismo, que tal igualismo?”

“Feminismo contemporâneo é culto ao vitimismo.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2016.

/ / Comentários desativados em “Feminismo contemporâneo é culto ao vitimismo.”

“Feminismo contemporâneo é culto ao vitimismo.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2016.

/ / Comentários desativados em “Feminismo contemporâneo é culto ao vitimismo.”

“Quanto melhor ficou a vida das mulheres, mais rancorosas ficaram as feministas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Quanto melhor ficou a vida das mulheres, mais rancorosas ficaram as feministas.”

“Quanto melhor ficou a vida das mulheres, mais rancorosas ficaram as feministas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Quanto melhor ficou a vida das mulheres, mais rancorosas ficaram as feministas.”

“Há centenas de organizações feministas fazendo campanhas sobre falsos problemas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2009.

/ / Comentários desativados em “Há centenas de organizações feministas fazendo campanhas sobre falsos problemas.”

“Há centenas de organizações feministas fazendo campanhas sobre falsos problemas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2009.

/ / Comentários desativados em “Há centenas de organizações feministas fazendo campanhas sobre falsos problemas.”

“ONU: 73% das denúncias de assédio são de mulheres, logo 73% das mulheres no mundo são assediadas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “ONU: 73% das denúncias de assédio são de mulheres, logo 73% das mulheres no mundo são assediadas.”

“ONU: 73% das denúncias de assédio são de mulheres, logo 73% das mulheres no mundo são assediadas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001)

/ / Comentários desativados em “ONU: 73% das denúncias de assédio são de mulheres, logo 73% das mulheres no mundo são assediadas.”

“Não é por ‘machismo’ que não há mais mulheres em exatas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2014.

/ / Comentários desativados em “Não é por ‘machismo’ que não há mais mulheres em exatas.”

“Não é por ‘machismo’ que não há mais mulheres em exatas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2014.

/ / Comentários desativados em “Não é por ‘machismo’ que não há mais mulheres em exatas.”

“Feministas só vêm guerra entre frágeis moças e homens maus.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Feministas só vêm guerra entre frágeis moças e homens maus.”

“Feministas só vêm guerra entre frágeis moças e homens maus.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2015.

/ / Comentários desativados em “Feministas só vêm guerra entre frágeis moças e homens maus.”

mais chance têm as mulheres que os homens de serem promovidos na Google

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2017.

/ / Comentários desativados em mais chance têm as mulheres que os homens de serem promovidos na Google

mais chance têm as mulheres que os homens de serem promovidos na Google

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2017.

/ / Comentários desativados em mais chance têm as mulheres que os homens de serem promovidos na Google

“Muitas escolas tratam os meninos como se fossem meninas defeituosas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2013.

/ / Comentários desativados em “Muitas escolas tratam os meninos como se fossem meninas defeituosas.”

“Muitas escolas tratam os meninos como se fossem meninas defeituosas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers, Depto de Filosofia, Clark University, 2013.

/ / Comentários desativados em “Muitas escolas tratam os meninos como se fossem meninas defeituosas.”

“Feministas fazem com os outros aquilo do que acusam serem vítimas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2016.

/ / Comentários desativados em “Feministas fazem com os outros aquilo do que acusam serem vítimas.”

“Feministas fazem com os outros aquilo do que acusam serem vítimas.”

– Dra. Christina Hoff Sommers (1950–), autora de Quem Roubou o Feminismo (1995) e A Guerra contra os Meninos (2001), 2016.

/ / Comentários desativados em “Feministas fazem com os outros aquilo do que acusam serem vítimas.”