Portugal: "Quando homens batem em mulheres, estas senhoras se revoltam. Do inverso acham graça."
Featured Video Play Icon

“Quando homens batem em mulheres, estas senhoras se revoltam. Do inverso acham graça.”

– Dr. Joaquim Maria Quintino Aires, Depto de Psicologia, Universidade de Lisboa, 2016.

Portugal: "Quando homens batem em mulheres, estas senhoras se revoltam. Do inverso acham graça."
Featured Video Play Icon

“Quando homens batem em mulheres, estas senhoras se revoltam. Do inverso acham graça.”

– Dr. Joaquim Maria Quintino Aires, Depto de Psicologia, Universidade de Lisboa, 2016.

Canadá: "Mulheres difamam umas às outras como vulgares e promíscuas para competir sexualmente."

“Mulheres difamam umas às outras como vulgares e promíscuas para competir sexualmente.”

– Dra. Tracy Vaillancourt, Depto de Psicologia, Universidade de Ottawa, 2013.

Canadá: "Mulheres difamam umas às outras como vulgares e promíscuas para competir sexualmente."

“Mulheres difamam umas às outras como vulgares e promíscuas para competir sexualmente.”

– Dra. Tracy Vaillancourt, Depto de Psicologia, Universidade de Ottawa, 2013.

Brasil: das denúncias por mães de estupro de filhos pelo pai no RJ são falsas

das denúncias por mães de estupro de filhos pelo pai no RJ são falsas

– Glícia Barbosa de Mattos Brazil, psicóloga, Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, 2012.

Brasil: das denúncias por mães de estupro de filhos pelo pai no RJ são falsas

das denúncias por mães de estupro de filhos pelo pai no RJ são falsas

– Glícia Barbosa de Mattos Brazil, psicóloga, Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, 2012.

Brasil: dos presidários são provisórios, aguardam julgamento.
/ EUA

das acusações de estupro são falsas

– Dr. Eugene J. Kanin, Universidade de Purdue, 1994.

Brasil: dos presidários são provisórios, aguardam julgamento.
/ EUA

das acusações de estupro são falsas

– Dr. Eugene J. Kanin, Universidade de Purdue, 1994.

EUA: "Mulheres são tão ou mais violentas com seus cônjuges que homens."

“Mulheres são tão ou mais violentas com seus cônjuges que homens.”

– Dr. John Archer, Universidade de Central Lancashire (Inglaterra) e Dr. Murray Straus, Depto de Sociologia, Universidade de New Hampshire (EUA), 2015.

EUA: "Mulheres são tão ou mais violentas com seus cônjuges que homens."

“Mulheres são tão ou mais violentas com seus cônjuges que homens.”

– Dr. John Archer, Universidade de Central Lancashire (Inglaterra) e Dr. Murray Straus, Depto de Sociologia, Universidade de New Hampshire (EUA), 2015.

Rape Abuse & Incest National Network: "Culpar 'cultura do estupro' isenta estupradores."

“Culpar ‘cultura do estupro’ isenta estupradores.”

– Scott Berkowitz e Rebecca O’Connor, Rape Abuse & Incest National Network, 2014.

Rape Abuse & Incest National Network: "Culpar 'cultura do estupro' isenta estupradores."

“Culpar ‘cultura do estupro’ isenta estupradores.”

– Scott Berkowitz e Rebecca O’Connor, Rape Abuse & Incest National Network, 2014.

Reino Unido: "Na escola feminizada, professores são pedófilos em potencial, e estudar é coisa de menina."

“Na escola feminizada, professores são pedófilos em potencial, e estudar é coisa de menina.”

– Dr. Alan Smithers, Diretor do Centro de Pesquisa sobre Educação e Carreira, Universidade de Buckingham, 2009.

Reino Unido: "Na escola feminizada, professores são pedófilos em potencial, e estudar é coisa de menina."

“Na escola feminizada, professores são pedófilos em potencial, e estudar é coisa de menina.”

– Dr. Alan Smithers, Diretor do Centro de Pesquisa sobre Educação e Carreira, Universidade de Buckingham, 2009.

Jessie Bernard: “Trabalho doméstico é deteriorante e emburrecedor. A dona de casa é uma ninguém."

“Trabalho doméstico é deteriorante e emburrecedor. A dona de casa é uma ninguém.”

– Jessie Bernard (1903-1996), Depto de Sociologia, Universidade de Washington, 1982.

Jessie Bernard: “Trabalho doméstico é deteriorante e emburrecedor. A dona de casa é uma ninguém."

“Trabalho doméstico é deteriorante e emburrecedor. A dona de casa é uma ninguém.”

– Jessie Bernard (1903-1996), Depto de Sociologia, Universidade de Washington, 1982.

Ana Caroline Campagnolo: Homens, mulheres e o trabalho
Featured Video Play Icon

Homens, mulheres e o trabalho

– Ana Caroline Campagnolo Bellei, Professora de História, 2014.

Ana Caroline Campagnolo: Homens, mulheres e o trabalho
Featured Video Play Icon

Homens, mulheres e o trabalho

– Ana Caroline Campagnolo Bellei, Professora de História, 2014.

Reino Unido: dos pais britânicos sustentam filhos que não são seus, sem saber

dos pais britânicos sustentam filhos que não são seus, sem saber

– Centro de Saúde Pública da Universidade John Moores, Liverpool, Reino Unido.

Reino Unido: dos pais britânicos sustentam filhos que não são seus, sem saber

dos pais britânicos sustentam filhos que não são seus, sem saber

– Centro de Saúde Pública da Universidade John Moores, Liverpool, Reino Unido.

Janice Fiamengo: "Feministas querem castrar a masculinidade dos homens."
Featured Video Play Icon

“Feministas querem castrar a masculinidade dos homens.”

– Dra. Janice Fiamengo, Universidade de Ottawa, Canadá.

Janice Fiamengo: "Feministas querem castrar a masculinidade dos homens."
Featured Video Play Icon

“Feministas querem castrar a masculinidade dos homens.”

– Dra. Janice Fiamengo, Universidade de Ottawa, Canadá.

Augusta Hughston: “Sempre dissemos que a situação dos homens é muito difícil.”

“Sempre dissemos que a situação dos homens é muito difícil.”

– Augusta Hughston, líder da Associação Sufragista Nacional, EUA, 1912.

Augusta Hughston: “Sempre dissemos que a situação dos homens é muito difícil.”

“Sempre dissemos que a situação dos homens é muito difícil.”

– Augusta Hughston, líder da Associação Sufragista Nacional, EUA, 1912.

Pais instalam câmeras e flagram babá agredindo violentamente bebê

– Turquia, 2017. Uma câmera escondida flagrou o momento chocante no qual uma babá agride violentamente uma criança que ela deveria cuidar. Nadia Shapoval, 54 anos, foi contratada pelo casal identificado apenas por SE e MTE. Os dois desconfiaram da

Pais instalam câmeras e flagram babá agredindo violentamente bebê

– Turquia, 2017. Uma câmera escondida flagrou o momento chocante no qual uma babá agride violentamente uma criança que ela deveria cuidar. Nadia Shapoval, 54 anos, foi contratada pelo casal identificado apenas por SE e MTE. Os dois desconfiaram da

“Kate tinha graves problemas de saúde mental e atazanou minha família por muitos anos.”

– Mallory Millett, Conselheira do Centro para Políticas de Segurança e irmã da líder feminista Kate Millett, 2014.

“Kate tinha graves problemas de saúde mental e atazanou minha família por muitos anos.”

– Mallory Millett, Conselheira do Centro para Políticas de Segurança e irmã da líder feminista Kate Millett, 2014.

EUA: "Reconhecimento do valor e do direito à paternidade reduz violência nas ruas."
/ EUA

“Reconhecimento do valor e do direito à paternidade reduz violência nas ruas.”

– Dra. Kathryn Edin e Dr. Timothy Nelson, Depto de Sociologia, Universidade de Johns Hopkins, EUA, 2013.

EUA: "Reconhecimento do valor e do direito à paternidade reduz violência nas ruas."
/ EUA

“Reconhecimento do valor e do direito à paternidade reduz violência nas ruas.”

– Dra. Kathryn Edin e Dr. Timothy Nelson, Depto de Sociologia, Universidade de Johns Hopkins, EUA, 2013.

Brasil: "Médicas prescrevem calmantes mais para meninos que para meninas."

“Médicas prescrevem calmantes mais para meninos que para meninas.”

– Maria Aparecida Affonso Moysés, Faculdade de Ciências Médicas, Unicamp, 2013.

Brasil: "Médicas prescrevem calmantes mais para meninos que para meninas."

“Médicas prescrevem calmantes mais para meninos que para meninas.”

– Maria Aparecida Affonso Moysés, Faculdade de Ciências Médicas, Unicamp, 2013.

Camille Paglia: "Criadoras do feminismo atual estavam convencidas que hormônios eram ficção de cientistas 'machistas'."
Featured Video Play Icon

“Criadoras do feminismo atual estavam convencidas que hormônios eram ficção de cientistas ‘machistas’.”

– Dra. Camille Paglia (1947–), Depto de Mídia, Universidade das Artes da Filadelfia, EUA, 2015.

Camille Paglia: "Criadoras do feminismo atual estavam convencidas que hormônios eram ficção de cientistas 'machistas'."
Featured Video Play Icon

“Criadoras do feminismo atual estavam convencidas que hormônios eram ficção de cientistas ‘machistas’.”

– Dra. Camille Paglia (1947–), Depto de Mídia, Universidade das Artes da Filadelfia, EUA, 2015.